Compartilhe o Memorial 0054A

Biografia

José Carlos de Macedo Soares (São Paulo, 6 de outubro de 1883 — São Paulo, 29 de janeiro de 1968) foi um jurista, formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, historiador e político brasileiro. Ocupou a Presidência do Centro Acadêmico XI de Agosto em 1905.

 

Participou do comitê organizador da Semana de Arte Moderna de 22, que aconteceu entre os dias 11 e 18 de fevereiro de 1922, no Teatro Municipal de São Paulo.

 

Foi presidente da Associação Comercial de São Paulo, e nesta condição foi indiciado, acusado de cooperar com os revolucionários da Revolução de 1924, tendo se exilado em Paris, onde escreveu o livro "Justiça", defendendo-se das acusações.

 

Na década de 1920, publicou o livro "Escolas de Fachada" onde critica o ensino público em São Paulo. Em 1927, publicou o livro "A Política Financeira do PresidenteWashington Luís", onde critica a reforma financeira feita por aquele presidente. Em 1928, em visita aos Estados Unidos, acompanhando as eleições, publicou o livro "As eleições presidenciais nos EUA", onde faz um histórico das eleições e da política americana.

 

Publicou também as obras:

  • Borracha, um Estudo Econômico e Estatístico, 1928,
  • Deodoro, Rui e a Proclamação da República, 1940,
  • Conceitos de Solidariedade Continental, 1956,
  • O Brasil e a Sociedade das Nações, 1927,
  • Fronteiras do Brasil no Regime Colonial, 1939,
  • Santo António de Lisboa Militar no Brasil, 1942.

Foi interventor federal no estado de São Paulo, de 7 de novembro de 1945 a 14 de março de 1947.

 

Foi ministro da Justiça e de Negócios Interiores de Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek (interino), e ministro das Relações Exteriores de Nereu Ramos.

 

Foi membro da Academia Brasileira de Letras, quarto ocupante da cadeira 12.