Compartilhe o Memorial 0072A

Biografia

Escreveu seu filho José Maria de Avelar Brotero: "Nasci e m Lisboa aos dezassete de fevereiro de 1798" E m Coimbra participou de sociedade secreta que lutava contra o Absolutismo. Formou-se em Direito em 1820, após a vitória dos liberais. "Requeri u m lugar de Juiz de Fora e fui despachado para Celorico da Beira: tive no banquete ministerial boa pasta, pois era o melhor lugar a concurso; e venci à vista das boas informações de Coimbra".

 

Com o advento da Contra-Revolução Absolutista foi extinto, por perseguição política, o cargo que exercia. A Contra-Revolução mandou espetar e m postes cabeças de liberais. E determinou que o Marquês de Palmela, o Conde de Vila Flor e o Conde de Sampaio, depois de terem "morte natural de garrote", tivessem decepadas as cabeças; fossem o cadafalso e seus corpos reduzidos pelo fogo a cinzas, que seriam lançados ao mar .

 

Escapando às garras dos absolutistas, José Maria de Avelar Brotero conseguiu tomar u m navio que se dirigia aos Açores, ponto de refúgio e concentração dos liberais. Levava consigo u m conto de reis e m dinheiro. "Fui na viagem feito prisioneiro de guerra, pela fragata brasileira "New Troy".

 

Comandante Taylor (nada m e tiraram)" Cometeu, ao narrar o fato, ligeiro engano, pois a fragata se chamava "Niterói" e não "New Troy". José Maria de Avelar Brotero era u m moço robusto e belo, embora não fosse alto. N a ilha do Faial, Açores, conheceu a jovem An n Dabney, tratada na sua família e em livros americanos como Nancy Dabney. Diz a tradição ter tido grande beleza na juventude. Existe dela u m esmalte gravado em Paris quando estava com cerca de quatorze anos: Parecia uma inglezinha de pescoço comprido, nariz arrebitado, cabelos alourados e u m pouco ruivos. Sabe-se que em meia idade era alta e cheia de corpo. Existem daguerreotipos seus, já na velhice, mostrando um a figura majestosa, de olhos claros e bons, com um a fisionomia talvez tristonha e resignada Nacny Dabney descendia das mais antigas e ilustres famílias dos Estados Unidos 7. Era filha de John Bass Dabney, Cônsul Geral dos Estados Unidos nos Açores e proprietário de navios. Residia numa imensa mansão, no meio de u m parque, denominada "Bagatelle House", na cidade de Horta, ilha do Faial. O prédio ainda existe na Rua da Bagatela.

Nancy Dabney nascera na França, residira e m sua pátria, os Estados Unidos, e fora educada e m Londres. Seus descendentes conservam u m caderno, do Colégio de Londres, e m que sua professora de francês escreveu e m 1817: "a doçura e a boa conduta da senhorinha Dabney a farão amar e estimar por todos aqueles que a conhecerem" Até hoje, seu nome é objeto de veneração por seus descendentes.  

 

A família Dabney se opôs ao casamento, porque o jovem Brotero tinha dois defeitos capitais: Era católico e português. Mas José Maria e Nancy resolveram casar-se. E ela, por imposição do noivo, foi batizada na Igreja Católica no dia do casamento.

Em 1825, Brotero embarcou com destino ao Brasil, com a mulher e u m criado, no brigue "Swiftsure", pertencente ao sogro. A viagem, e todo o carregamento do navio, foi metade do dote de sua mulher. Por decreto de 6 de outubro de 1826, recebeu Brotero, por solicita- ção sua "mercê de um a das cadeiras do Curso Jurídico", que oportunamente lhe seria designada. Tratava-se do curso que se pretendia criar na Corte.

Criando-se, finalmente, a 11 de agosto de 1827, os Cursos Jurídicos de Olinda e S. Paulo, Brotero foi nomeado para esta cidade.