Compartilhe o Memorial 0084A

Biografia

Elias Antônio Pacheco e Chaves (Itu, 28 de maio de 1842 — São Paulo, 14 de abril de 1903 ) foi um político e cafeicultor brasileiro.

 

Filho de Miguel Chaves e Antônia Fausta Rodrigues Chaves. Foi casado com Anésia da Silva Prado, filha de Martinho e Veridiana da Silva Prado. Era, assim, cunhado de Antônio da Silva Prado, seu sócio na Companhia Prado Chaves, líder em vários mercados, incluindo exportação de café e o setor imobiliário. Chaves viajava à Europa com frequência em companhia do cunhado e sogra, onde adquiriu inspiração para a futura residência.

 

Formado em direito, foi importante cafeicultor, proprietário de serraria em São Paulo. Destaque na política conservadora, tendo sido chefe de polícia de São Paulo em 1876, depois eleito deputado geral.

Construiu para sua residência o Palácio dos Campos Elísios, no centro da cidade de São Paulo, projetado pelo arquiteto alemão Matheus Häussler, feito à imagem e semelhança do Castelo dÉcouen.  Para a decoração do palácio, mandou vir espelhos de Veneza, fechaduras dos Estados Unidos, maçanetas de porcelana de Sèvres e lustres de cristal Baccarat.

Foi 2º vice-presidente da província de São Paulo por duas vezes, nomeado por carta imperial de 30 de agosto de 1885, de 2 de setembro a 19 de outubro de 1885 e de 16 a 26 de julho de 1886.