Compartilhe o Memorial 0107A

Biografia

Carlos de Campos (Campinas, 6 de agosto de 1866 — São Paulo, 27 de abril de 1927) foi um advogado e político brasileiro. Foi o décimo-segundo presidente do estado de São Paulo, tendo governado de 1 de maio de 1924 até o dia de sua morte, quando assumiu o governo interinamente o presidente do Senado Estadual Antônio Dino da Costa Bueno, em virtude da renúncia do vice-presidente do estado, Coronel Fernando Prestes de Albuquerque.

Em seu governo, ocorreu em São Paulo, a revolução de 1924, iniciada a 5 de julho.O Palácio dos Campos Elísios, sede do governo paulista, começou a ser incessantemente bombardeado pelas forças revoltosas, tendo sido um de seus filhos atingido na perna por estilhaços.Carlos de Campos, depois de abrigar sua família em casa de parentes, determinou, estrategicamente, que todos membros do governo se retirassem para Quitauna, que passou a ser a sede provisória do Governo Estadual, até os revoltosos serem derrotados.

Era filho do também presidente do estado, Bernardino de Campos. Formou-se em Direito em 1887, na Faculdade do Largo de São Francisco. Foi fundador e membro da Academia Paulista de Letras, sendo titular da cadeira nº 16.

Iniciou-se na política como membro do conselho da intendência municipal de Amparo, em 1890. Foi em seguida deputado estadual (de 1895 a 1915), presidindo a assembléia entre1907 e 1915. Foi deputado federal (de 1918 a 1923).

Carlos de Campos criou, em 1926, a Guarda Civil do Estado de São Paulo, que existiu até 1970.