Compartilhe o Memorial 0138A

Biografia

 

Ricardo Nami Jafet nasceu na cidade de São Paulo em 26 de novembro de 1907, filho de Nami Jafet e de Afife Jafet.

 

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro, em 1930, seis anos depois fundou a Mineração Geral do Brasil para explorar jazidas de ferro, manganês, cromo, carvão e ouro. Posteriormente, fundaria também a Usina Siderúrgica de Moji das Cruzes e a Empresa Internacional de Transportes.

Tendo apoiado financeiramente a campanha vitoriosa de Getúlio Vargas para a presidência da República em 1950, teve seu nome cogitado para ocupar o Ministério da Fazenda, que seria afinal atribuída a Horácio Lafer. Com o início do novo governo, foi nomeado presidente do Banco do Brasil e tomou posse em janeiro de 1951.

 

Propondo-se a promover uma política de expansão do crédito, Ricardo Jafet logo incompatibilizou-se com Lafer, que defendia uma política antiinflacionária. Por outro lado, a partir de 1952 a oposição a Vargas passou a denunciar o que classificava de favoritismo na concessão de créditos ao jornalÚltima Hora, de propriedade de Samuel Wainer, criado com o objetivo de apoiar o presidente, visto que a maioria dos grandes diários se opunha a seu governo. Quando da fundação do jornal, o Banco do Brasil concedera empréstimo a Wainer destinado à compra de equipamentos mediante a caução de contratos de publicidade. A campanha contra o que se chamava de "escândalo da Última Hora" acabou por transformar-se num dos fatores de agravamento da crise do governo Vargas.

 

O desgaste ocasionado pelo empréstimo a Wainer e a incompatibilidadecom Horácio Lafer, que chegou a sugerir a Vargas a demissão de Jafet, levou-o a deixar a presidência do Banco do Brasil em janeiro de 1953. Em abril constituiu-se uma comissão parlamentar de inquérito para investigar as relações entre o Banco do Brasil e a Última Hora. Em 1954 Jafet voltou a ser duramente atacado pela Tribuna da Imprensa, de Carlos Lacerda.

 

Faleceu no dia 19 de março de 1958.

Fonte:http://cpdoc.fgv.br/